terça-feira, 19 de maio de 2015




tem algo de másculo
nesse teu pomo de adão
que me faz querer estender a língua
e escorrê-la em teu corpo

começar pelos pêlos do peitoral
subir ao pescoço
e morrer nos lóbulos da tua orelha

também pode ser o inverso
e a morte ser mais embaixo

de modo que o que estes versos pretendem
de fato
é deixar você saber do quanto eu gostaria
de despertar movimentos em tua pele
da fala ao falo.


ilustração: apollonia

Nenhum comentário:

Postar um comentário